Sign In

Operação da Usina de Xingó

Sistema Chesf Publicado em 04/08/2021

Na tarde desta terça-feira, dia 3 de agosto, ocorreu a 8ª reunião de acompanhamento das condições de operação do Sistema Hídrico do Rio São Francisco, coordenada pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). Na ocasião, em atendimento à solicitação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), e visando à manutenção do equilíbrio do sistema energético nacional, definiu-se que, durante o mês de agosto, a vazão da Usina de Sobradinho, da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), permanecerá na faixa de 1.000 m³/s, enquanto Xingó deverá praticar vazões médias diárias de modo a respeitar o limite máximo médio mensal de 950 m³/s.

A Companhia salienta que as defluências de Xingó poderão variar, a depender da necessidade de atendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN), conforme procedimento de otimização energética envolvendo diversas regiões do País. Em caso de mudança, as entidades e sociedade civil serão prontamente comunicadas, por meio de SMS aos números cadastrados no nosso sistema de informação.

A Chesf ressalta ainda a importância da não ocupação de áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, haja vista que em condições emergenciais, a exemplo da necessidade de maximização de geração para atendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN), as usinas de Sobradinho e Xingó têm capacidade de turbinar valores da ordem de 4.200 m3/s e 3.000 m3/s, respectivamente.

UHE_XIngó_04082021.jpg

Fotos: André Schuler
#paratodosverem / Descrição das imagens: Imagem aérea do reservatório de Xingó vista da jusante; imagem do Lago de Sobradinho registrada no nível das águas do reservatório.