Sign In

Chesf é destaque em Olimpíada

A Empresa Publicado em 16/10/2020

Os empregados da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), Maria Cecília Sotero Siqueira e Edgar dos Reis foram destaque na I Olimpíada Nacional de Inovação Eletrobras. Os seus projetos “VALORIZE e SE” e “Sistema de Bussiness Analytics para Apoio à Gestão e à Tomada de Decisão”, respectivamente, foram selecionados para prototipagem (transferência de ideias do âmbito conceitual para a realidade), até novembro próximo.

Cinco empregados de cada empresa Eletrobras, num total de 40 foram selecionados para a Olimpíada realizada de 5 a 9 de outubro. Representaram ainda a Chesf, Breno Jacó/DOOQ, Luís Gustavo Vicente/DOOM e Roberto Moraes/DFCG.

Durante o evento, os profissionais receberam suporte em Design Thinking, Learn Startup e Psicologia da Inovação e desenvolveram projetos inovadores, sendo selecionados para prototipação e aplicação nas empresas seis projetos, escolhidos pelos empregados e Diretoria de todas as empresas Eletrobras.

A Olimpíada teve o objetivo de incentivar a execução de projetos inovadores capitaneados pelos próprios empregados, por meio da identificação de problemas ou oportunidades.

“VALORIZE e SE”

O projeto liderado por Cecília Sotero (Chesf) teve a importante contribuição da equipe formada por Daniella Nadler (Eletrobras), Fernanda Brito (Eletronorte) e Renato Oliveira (Eletronorte), e obteve a 3ª colocação entre os projetos selecionados. O “VALORIZE e SE” tem como propósito o reconhecimento não pecuniário dos empregados, por meio de uma solução digital, englobando três pilares: Banco de Elogios, Painel de Oportunidades e Desenvolvimento Pessoal.

A escolha dessa temática se originou do resultado da pesquisa de Transformação Cultural da Eletrobras/2020, na qual a dimensão “Reconhecimento” teve um baixo percentual de favorabilidade.

A seleção do projeto revela a necessidade de valorização dos empregados, que interfere na sua satisfação, engajamento e sentimento de pertencimento, que contribuem para um ambiente de trabalho positivo, propício à inovação e o fomento da produtividade.

“Bussiness Analytics”

Liderado por André Quadros (Cepel), em um grupo formado por Edgar Reis (Chesf), Oscar Solano (Cepel) e Carolina Ornelas (Furnas), o projeto “Bussiness Analytics” pretende a implantação de um Enterprise Data Hub para centralizar e padronizar os dados de todas as empresas Eletrobras, provenientes de diferentes fontes como o SAP, planilhas Excel e outros bancos de dados, permitindo a rápida elaboração de dashboards e o uso de Inteligência Artificial para gerar insights e algoritmos de Machine Learning, para realização de previsões baseadas em dados históricos e, assim, proporcionar subsídios precisos para decisões mais rápidas e assertivas pelos gestores das empresas.


Cecília_Edgar.jpgNa foto: Cecília Sotero e Edgar Reis

Foto: Acervo pessoal