Sign In

Chesf investe R$ 420 milhões

Sistema Chesf Publicado em 26/11/2018

Com investimentos de R$ 420 milhões, até 2023, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) está desenvolvendo projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na Região Nordeste, com foco no avanço dos estudos de tecnologias em geração solar e em outros projetos de inovação.

Os principais projetos estão centralizados no Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina, o Cresp, que reúne projetos em torno de R$ 200 milhões. Entre eles, já instalado e funcionando, a planta fotovoltaica para geração de energia elétrica de 2,5 Mega Watt pico (MWp) e outra de 0,5MWp será instalada ainda em 2019, totalizando 3 MWp. Outros dois projetos, dessa vez de geração solar heliotérmica, (com tecnologias diferenciadas), devem ser iniciados em 2019, com total de 1,25 megawatt heliotérmico. 

O grande destaque do Cresp é a implantação da Plataforma Solar Flutuante no Reservatório de Sobradinho, que está em fase final de implantação de 1MWp para energização este ano e deverá ter em 2019, mais 4MWp instalados, totalizando os 5MWp. A plataforma é, atualmente, o maior projeto de P&D do país de geração solar sobre água. O objetivo é estudar e comparar a eficiência da tecnologia fotovoltaica resfriada naturalmente pela água, tendo em vista que as placas perdem eficiência sob forte calor.

A região de Petrolina tem elevados níveis de irradiação solar e por isso foi escolhida para sediar o Cresp, que pretende se firmar como centro de desenvolvimento das tecnologias mais avançadas na geração solar, reunindo pesquisadores de várias regiões do país e impulsionando o mercado de energia solar no Nordeste.
Sustentabilidade

Os 2,5 megawatt pico de energia solar que já estão sendo gerados pelo Cresp, bem como vários projetos menores de geração solar em instalações da Chesf, a exemplo do Programa Conta Zero, fazem parte da decisão empresarial de reduzir custos com pagamento de conta de energia elétrica, usando a geração distribuída para alimentar serviços auxiliares em suas subestações.

“A Chesf é uma das maiores empresas de geração do País e tem 100% de seu parque de energia limpa e renovável. Além das hidrelétricas, obras pelas quais a Empresa é mais conhecida, há investimento grande em transmissão de energia no Nordeste para ampliar a oferta da energia. Agora, está expandindo seu parque por meio de geração eólica, com os parques Casa Nova II e III, e com o forte investimento em pesquisa para o desenvolvimento da energia solar”, afirmou o presidente da Chesf, Fábio Alves.