Notícia
Buscar:
 
  
O Estado do Maranhão - MA
29/04/2012 - 07:37:00
Caiu o consumo industrial de energia no MA
Problemas técnicos na linha de produção da Alumar, maior consumidor industrial do estado, teriam contribuído para recuo

O consumo industrial de energia no Maranhão sofreu uma queda de 9,2% em março. Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), problemas técnicos na linha de produção de alumínio da Alumar, o maior consumidor industrial do estado, teriam contribuído para esse recuo. "Pode-se dizer que essa redução não está diretamente relacionada à conjuntura setorial", disse a EPE. A fábrica de alumínio da Alumar demanda cerca de 500 MW de energia e tem capacidade para produzir 450 mil toneladas por ano. Atualmente, a planta da Alcoa sofre a ameaça de ter sua linha de produção paralisada devido ao alto custo da energia elétrica, que se configura como grande gargalo à competitividade das fábricas de alumínio no mundo. O recuo de 9,2% no Maranhão, somado aos 3% registrados pela Bahia, contribuiu significativamente para uma evolução menor do consumo do setor na região Nordeste em março, de apenas 0,1%. Nos meses de janeiro e fevereiro, o consumo de energia nas indústrias nordestinas cresceram 3,6% e 10%, respectivamente. No caso da Bahia, indústrias do segmento de metalurgia básica (ferroligas e cobre) e do químico operaram, em março de 2012, em nível inferior ao do mesmo período do ano anterior. Já no Sudeste, embora continue relativamente baixa, a taxa registrada de 0,8% no consumo industrial na região em março, é a maior deste ano. Em Minas Gerais e no Espírito Santo, a expansão no mês foi de 0,4% e 0,6%, o que significou reversão das taxas negativas observadas em janeiro e fevereiro. Contribuiu para este resultado o retorno da produção de unidades de grandes consumidores que haviam parado para manutenção no início do ano. No Rio de Janeiro, o crescimento negativo (-2,3%) no mês também representa recuperação em relação ao comportamento nos dois primeiros meses do ano. Já em São Paulo, observou-se a mesma dinâmica do início do ano, tendo sido registrada alta de 1,5% no consumo das indústrias no mês de março (em relação a março de 2011). O crescimento da demanda de energia pelas indústrias do Sul do país manteve-se em março acompanhando a média nacional, com evolução de 2,3%. No Centro-Oeste registrou-se a maior expansão do consumo industrial: 15,8%, em março. Em grande parte, o resultado reflete a incorporação de novas cargas, notadamente ligada à expansão da produção de ferro-níquel.

Notícias de 1 a 10

08/04/2014 - 16:30:00
Assessoria de Imprensa da Chesf

04/04/2014 - 17:01:00
Chesf

28/03/2014 - 17:30:00
Assessoria de Imprensa da Chesf

24/03/2014 - 09:58:00
Chesf

17/03/2014 - 17:01:00
Chesf

Programa Cultural Empresas Eletrobras 2014
Edital de Eventos da Eletrobras
Banner de Concurso Público
   
Rua Delmiro Gouveia, 333 - San Martin - Recife - Pernambuco - CEP 50761-901