Sign In

Chesf reduz vazão de Xingó: 560 m³/s

Sistema Chesf Publicado em 29/08/2017

​​​A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que, como foi definido em reunião de avaliação da operação dos reservatórios do Rio São Francisco, no último dia 11 deste mês, e diante das autorizações emitidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pela Agência Nacional de Águas (ANA), foi iniciada ontem, dia 18, a prática da vazão da usina de Xingó em 560m³/s. A vazão nesta usina já havia sido reduzida de 600 m³/s para 580m³/s no final de agosto. 

 

O objetivo com essa nova redução é realizar teste de vazão para avaliar eventuais impactos aos usuários, em especial, para as captações de água para abastecimento humano nas regiões ribeirinhas. Em seguida, e após avaliação das entidades envolvidas, será definida possível nova redução para 550 m³/s, conforme as autorizações do IBAMA e da ANA.

 

A Chesf destaca que esta é a maior estiagem na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em quase 90 anos de registro oficial.