Sign In

Vazão do São Francisco será reduzida

A Empresa Publicado em 17/03/2017

​Devido ao agravamento da situação hidrológica na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) deverá iniciar, no próximo dia 22 de março, teste visando à redução da vazão mínima de 700 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 650 m³/s, no trecho do rio entre os reservatórios de Sobradinho (BA) e Itaparica (PE), durante o período de cinco dias. 

A decisão de realização do teste será tomada no próximo dia 20 de março, em reunião de avaliação da operação dos reservatórios da Bacia do Rio São Francisco, coordenada pela Agência Nacional de Águas, com a participação do Ibama, Ministério de Minas e Energia, Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) Ministério da Integração Nacional, entre outros órgãos, entidades civis e usuárias. 

"Estamos no final do período úmido e as chuvas que caíram ficaram abaixo do esperado. Com essa estiagem que já chega no sexto ano seguido, todos os usuários do Rio São Francisco são atingidos. A operação dos reservatórios está com o propósito maior de armazenar água para os usos múltiplos, em especial, o abastecimento humano", declarou o diretor de Operação, João Henrique Franklin. 

Ele destacou que, apesar das condições hídricas desfavoráveis, não há risco de desabastecimento de energia elétrica. "O Setor Elétrico dispõe de outras fontes de energia, como a eólica, a termelétrica e a importação de energia pelo Sistema Interligado Nacional", explicou.